GoogleAnalytics

sexta-feira, 7 de junho de 2013

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES (Héracles)

Hércules


Lou Ferrigno como Hércules


Héracles, que ficou mais conhecido pelo nome romano de Hércules, foi um grande herói de ação, submetido a fazer 12 tarefas impossíveis. Nasceu filho de Zeus e da sua amante Alquimena e, por isso, tinha uma força imensa, maior que todos os mortais, mas era mortal.  Hera, a deusa esposa de Zeus, enciumada, queria que Hércules morresse. Então mandou duas grandes serpentes venenosas atacá-lo no berço. Hércules, ainda um bebê, para surpresa de todos, segurou cada serpente em uma mão e as esmagou.

Já depois de adulto, conheceu Mégara, que foi sua esposa e
com quem teve alguns filhos que amava muito. Uma noite, Hera provocou nele um acesso de loucura, que o fez matar toda a sua família. Quando voltou a si, vendo o que tinha feito, Hércules ficou horrorizado e se isolou, fugindo para o campo onde passou a viver sozinho.


Seu primo Teseu o encontrou e o aconselhou a visitar o oráculo de Delfos, para recuperar sua honra e se redimir de sua culpa realizando penitências. A sacerdotisa do oráculo deu como penitência para Hércules dez trabalhos que ele deveria apresentar ao rei Euristeu, seu inimigo, ao final dos quais ele se tornaria imortal.  Mas o que Hércules não sabia era que sua madrasta Hera tinha se apoderado da profetisa, e tinha determinado a ele procurar Euristeu porque ela o usaria para dar a Hércules tarefas impossíveis de serem realizadas. A intensão de Hera e de Euristeu era que Hércules morresse tentando realizar os trabalhos, já que eram considerados impossíveis de se fazer, uma vez que muitos já tinham tentado realizá-los e morreram sem conseguir. O que devemos ter em mente são o sofrimento e as provações pelas quais teve que passar o herói ao realizar o que lhe foi solicitado, mas que nem sequer pensava em não tentar, nem duvidava que faria as tarefas. Para ele, aquilo era uma oportunidade de redenção e de penitenciar para o que os gregos chamavam de culpa de sangue, uma vez que tinha matado sem querer.

Todas as tarefas tinham ligação com elementos da natureza ou eram animais mitológicos que atormentavam os povoados e colocavam as pessoas em perigo. Duas dessas tarefas não foram consideradas válidas, porque em uma delas, Hércules teve ajuda de seu sobrinho Iolau e na outra não usou sua força, mas a força da natureza, desviando dois rios. Então ele teve que realizar mais duas tarefas. Essas tarefas ficaram conhecidas como os doze trabalhos de Hércules.

Estátua de Hércules contra o Leão de Nemeia


Os Trabalhos

Os trabalhos de Hércules aparecem em ordens diferentes, conforme o autor, mas a mais aceita é a seguinte:
Desenho de Hércules contra o Leão de Nemeia

1º - Matar o Leão da Nemeia: No Peloponeso, estrangulou o Leão de Nemeia - filho dos monstros Ortro e Equidna – que devastava a região e que os habitantes locais não conseguiam matar. A primeira tentativa de matá-lo não deu certo porque suas flechas não entravam na pele grossa do animal. Na segunda vez, conseguiu atacar com sua clava e estrangular o animal com as próprias mãos. Há diferentes versões para como o herói teria conseguido arrancar a pele do leão  já que ela era invulnerável (vulnera em latim = furo). Em uma das versões, arrancou a pele do monstro somente com as mãos.  Em outra versão  foi ajudado pela deusa Palas Atena, que lhe disse que "a pele é impenetrável, mas não para o próprio leão", e assim o herói usou as garras do próprio animal para cortar a pele. Hércules, depois de secá-la passou a usá-la como proteção em seus outros trabalhos, como se fosse uma armadura. A criatura transformou-se na Constelação de Leão.

Desenho de Hércules contra o Leão de Nemeia

2º - Matar a Hidra de LernaLutou contra a Hidra de Lerna, filha monstruosa de duas criaturas grotescas, a Equidna e o Tifão. A Hidra era uma serpente com corpo de dragão que possuía nove cabeças, sendo uma imortal. Tinha o sangue venenoso e suas cabeças exalavam um vapor mortal. Mas quando Hércules cortava suas cabeças elas nasciam de novo. Então o herói pediu ajuda de seu sobrinho Iolau para que ele queimasse com tochas as feridas, assim as cabeças não nasceriam mais. Hera, assistindo a luta, enviou um caranguejo gigante para ajudar a hidra, mas Hércules pisou-o e o matou. O animal se transformou na Constelação de Câncer. Depois  de cortar oito cabeças da hidra, Hércules prendeu a última em um buraco com uma grande pedra. Após vencer a batalha, banhou todas as suas flechas no sangue da hidra para que ficassem envenenadas. Esse trabalho não foi considerado por Euristeu, porque Hércules teve ajuda de Iolau, por isso ele teve que realizar o 11º trabalho.


Pintura - Hércules  e a Hidra de Lerna

3º - Capturar a Corça da Deusa Ártemis: Hércules deveria capturar a Corça de estimação da deusa Ártemis, que vivia na Cerínia, tinha chifres de ouro e pés de bronze. Ela tinha uma velocidade impossível de acompanhar e exigiu de Hércules um ano de perseguição, quando ela, exausta, foi finalmente alcançada e capturada pelo herói.

Representação em Cerâmica - Hércules e a Corsa 

4º - Capturar e matar o Javali de Erimanto: Hércules deveria capturar vivo o Javali de Erimanto, animal gigante que atacava as pessoas da região. Após horas de perseguição conseguiu cansá-lo e levou-o vivo a Euristeu, rei de Tirinto. O rei, ao ver o animal nos ombros de Hércules, teve tanto medo que se escondeu dentro de um caldeirão de bronze. Depois disso, Hércules sacrificou o animal e mostrou suas presas no templo de Apolo.
                      
Representação em Cerâmica - Hércules e o Javali de Erimanto

5º - Limpar as estrebarias do Rei Áugias: Hércules deveria limpar os currais do rei Áugias. Era um lugar enorme e imundo, que não era limpo há décadas e tinha milhares de cabeças de gado. Hércules realizou o trabalho em um dia e para isso usou sua força paramovendo as pedras, desviar dois rios que passavam sobre as terras do rei. Assim as águas passaram entre os currais e os limparam. Mas esse trabalho não foi considerado por Euristeu, porque Hércules deixou que os rios fizessem o trabalho por ele, por isso ele teve que cumprir o 12º trabalho.

Hércules desvia dois rios

6º - Afugentar as aves assassinas do Lago Estífalis: No lago Estífalis viviam aves que comiam carne humana e aterrorizavam as pessoas. Com seu arco e suas flechas envenenadas, Hércules as atacou, conseguiu matar algumas e as outras ele expulsou para outros países.

Hércules e as Aves de Estífalis


7º - Capturar o Touro de Creta: A sétima tarefa de Hércules era levar o Touro de Creta (pai do Minotauro) vivo até Euristeu, que por sua vez o entregaria a Hera. Hércules não só  o capturou como o levou até Euristeu, montado no animal.

Hércules e o Touro de Creta

8º - Domar os cavalos do Rei Diomedes: O rei da Trácia, Diomedes, possuía cavalos que alimentava com carne humana. O herói entregou o rei à voracidade de seus próprios animais. Depois os domou e os levou para Tirinto.

Os cavalos devorando Diomedes

9º - Capturar O Cinturão de Hipólita: Venceu o exército das guerreiras amazonas, apossando-se do cinturão de ouro da rainha Hipólita, que ela vestia, e o levou a Euristeu.

Hércules e as Amazonas

10º - Trazer o gado do gigante Gerion: Matou o gigante Gerion, monstro de três corpos, seis braços e seis asas. Levou um ano para encontrá-lo. Depois tomou seus bois que se achavam guardados por um cão de duas cabeças e um dragão de sete e levou para Tirinto.

Hércules e o Gigante Gerion

11º - As Maçãs das Hespérides: Hércules deveria colher os pomos de ouro do Jardim das ninfas Hespérides, mas também não sabia onde estavam. Após mais um ano de buscas, encontrou o jardim, mas foi atacado por Ladão, o dragão que os guardava. O dragão foi morto pelo gigante Atlas, a seu pedido e, durante o trabalho, Hércules sustentou o mundo nos ombros no lugar do gigante. Depois levou as maçãs para Euristeu.

As Maças das Hespérides


12º - Trazer do Tártaro o cão Cérbero: O décimo segundo trabalho consistiu em trazer do Tártaro, o mundo dos mortos e reino de Hades, o seu guardião, o cão de três cabeças Cérbero. Hércules desceu ao tártaro e pediu a Hades se podia fazer isso. Hades autorizou-o a levar Cérbero para a superfície da Terra sob a condição de conseguir dominá-lo sem usar as suas armas. Hércules lutou com ele só com a força dos seus braços, quase o sufocou, dominando-o. Depois o levou a Euristeu, que, com medo, ordenou-lhe que o devolvesse.

Hércules e o Cão Cérbero


Resuminho Guia
Hércules:  Semideus
Pai: Zeus
Mãe: Alquimena
Hércules nasceu filho de Zeus com a mortal Alquimena, o que despertou a ira de Hera, esposa de Zeus. Por causa disso, ela jogou contra Hércules toda sua fúria desde bebê, quando enviou duas serpentes venenosas para matá-lo, mas ele as esmagou. Quando adulto, Hera fez com que o herói matasse sua própria esposa e filhos. Desesperado, Hércules tenta se redimir pedindo uma penitência. Zeus, tendo concedido a Hera realizar sua vingança, determina que o herói, se conseguir realizar os trabalhos, se tornará imortal, o que ele faz.


Veja um desenho e relembre cada trabalho:




Para Colorir




















*****

ATIVIDADES DOS ALUNOS


Aqui um desenho do 2º Ano - Hércules contra o Gigante Gerião


Foto- Hércules contra o Gigante Gerião


Aqui um desenho do 3º Ano - Hades e Pânico, personagens do desenho da Disney

Obs.: Notem a comparação no caderno, erros e acertos entre o desenho e a história.


























2 comentários:

  1. vocês tem para colorir o 7º trabalho de Hércules?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tentei conseguir mas não encontrei. Continuarei tentando, se encontrar deixo disponível. Deixe seu nome e escola, ok? abraço

      Excluir